abril 11, 2012

Comunicado!

Galera, peço desculpas pelo sumiço aqui e nos blogs amigos, mas é que além de estar dedicado a outras causas, não menos importantes, tenho passado por algumas crises pessoais. Logo as coisas se normalizam. 
Mas não abandonarei o Diário. Assim que conseguir conciliar, escreverei aqui de novo.

Abração para todos!

P.S. 2014: Organizei as postagens por ordem cronológica agora para facilitar a compreensão. Postei algumas que estavam inacabadas ou não havia incluído ainda na época. Segue a última parte da trilogia Investida, e a continuação de Vivendo como hétero: Pegando todas; e ainda uma nova trilogia que tinha escrito para outro blog: Amor calado I, II e III.

14 comentários:

  1. Que bacana!
    Boa sorte, menino!
    Abração.

    ResponderExcluir
  2. Conseguiu a coluna? Gente, que coisa boa!

    Beijo doido!

    ResponderExcluir
  3. Bom, adorei o Blog. E tenho uma enxurrada de perguntas. Lá vai: tudo o que você, Gay Incomum, escreve é verdade ou ficção? Às vezes parece que eu estou lendo um conto gay, mas isso só você pode responder. Apesar de eu achar que em algumas histórias há um tom ficcional. E aí? Outra: Você já se relacionou com outros garotos? (Não só sexo, mas um relacionamento). Se sim, como foi? Ah... Vi a sua coluna no NetGay... A "história do Dante" foi legal... Essa é uma das que eu acho que há um altíssimo tom ficcional. ESPERO QUE RESPONDA, VIU?

    Abraços...

    Biólogo Hipocondríaco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Biólogo Hipocondríaco, tudo bom?
      Legal que tenha curtido o blog.
      Ando meio perdido pra escrever, mas um dia desses, quem sabe...
      Bom, respondendo suas perguntas, tudo que escrevi aqui e lá no Meu Mundo Gay é realidade, aconteceu de fato.
      Como gosto muito da ficção, acabo contando os fatos de maneira que lembram uma.
      Mas é só o modo de contar, de enxergar e relatar esses fatos, pois tudo aconteceu mesmo.
      A outra pergunta, se já me relacionei, tipo namoro, num é isso?
      Bom, estou vivendo isso no momento, e talvez com um tempo possa escrever a experiência. Mas adianto que tem me feito bem.
      Respondi? rs
      Bom, prometo voltar em breve a contar outras histórias.

      Grande abraço, e obrigado pelas visitas. =)

      Excluir
    2. Respondeu. Obrigado por ter respondido... Valeu, mesmo! Eu perguntei isso, principalmente, pela "história do Dante", onde parece que sua mãe descobre ou está mais próxima de descobrir que você é gay. Quando ela vai lá até ele, junto com Lisa... Para mim ela já descobriu, ou mesmo a desconfiança subiu 80%. Além disso, há uma série de fatos que se desencadeiam perfeitamente como um roteiro... Rsrs. Desculpa, acho que tenho vocação pra entrevistador rsrs. Espero que não se incomode caso eu venha a fazer novas perguntas com o tempo. :).
      E aah... essa nova experiência sua, com um relacionamento, pode render muito aqui. Rs

      Volta logo! ;D

      B.H.

      Excluir
  4. Passei o domingo lendo todos teus textos, gostaria de parabenizá-lo pelo trabalho. Acho que o Google tem os direitos sobre os textos, mas considere um livro :P Os textos me lembram capítulos, nem seria muito trabalho.
    abç!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou pensar a respeito, N.B.
      Mas de onde vc tirou que os direitos são do Google?
      Os direitos são de quem escreve!! =)

      Excluir
  5. Gay Incomum, sinto saudades de seus textos. Você escreve muito bem.
    Se puder, dá uma olhadinha no meu blog e me diz o que você acha a respeito.
    Estou começando a postar minha história e preciso da opinião de uma pessoa mais experiente.
    http://osilenciodaslembrancas.blogspot.com.br/

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Olá cara amei seus textos segue meu blog qeu já estou seguindo vc,aproveita e dá uma opinião sobre o meu depois
    http://cravosqueamamcravos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gente, quando esse blog se apruma de novo? É pedir demais? :P
    Agora é sério: sinto falta de novidades por aqui. Gay Incomum, cê tá aí?

    B.H.

    ResponderExcluir

Sintam-se livres para deixar seus apontamentos no meu diário.